Associação Mineira de Medicina do Tráfego

Falsos positivos podem ocorrer em exames toxicológicos de cabelos

Por ABRAMET

Até recentemente, acreditava-se que a positividade deste teste era prova definitiva que o indivíduo fez uso de maconha.Pesquisadores do Institute of Forensic Medicine de Freiburg, Alemanha, demostraram que isso não é verdade. Estudo foi publicado na Revista Nature em 07/10/2015. Finding cannabinoids in hair does not prove cannabis consumption

 

Investigadores da Universidade de Freiburg, na Alemanha Medical Center avaliaram amostras de cabelo em seres humanos com diferentes graus de exposição à cannabis. Os pesquisadores relataram que metabolitos da THC podem ser transferidos de consumidores de cannabis para não-usuários via estreito contato corporal.

 

Os autores concluíram: Nossos estudos mostram que os três canabinóides [THC, THC-A, e THC-COOH] podem estar presentes no cabelo de indivíduos que não consumiram maconha em decorrência da transferência através das mãos, gordura / suor, ou fumaça de cannabis de consumidores de maconha. Isso é motivo de muita preocupação.

 

Figure 1

Vias de incorporação potenciais de canabinóides em cabelo humano.

 

Afastar um condutor profissional, pela interpretação de um exame falso positivo, poderá resultar em demandas judicias, com requisição de danos morais e materiais ao Estado e aos profissionais que realizarem tais exames.

Falsos positivos podem ocorrer em exames de cabelos de pessoas que não usam maconha, através da contaminação pelas mãos, suor/gordura ou fumaça do cigarro de maconha.Profissionais que trabalham com os resultados da análise do cabelo devem estar cientes dessas limitações e as graves consequências falsas conclusões poderiam acarretar.

 

*Fonte: http://www.nature.com/articles/srep14906

Obs:Nature é uma das mais antigas revistas científicas do mundo: sua primeira edição é de 04/11/1869. Entre as inúmeras descobertas científicas publicadas na Nature estão a dos raios X, da estrutura em dupla hélice do ADN e o buraco na camada de ozônio


AMMETRA 2016 - Rua Domingos Vieira, 348 - sala 1111 - Santa Efigênia - Belo Horizonte - CEP: 30150-240